Tales of Vesperia continua funcionando e merece ser jogado!

nTales of Vesperia

nnMesmo com alguns bons anos nas costas, afinal estamos falando de uma obra lançada originalmente em 2008, Tales of Vesperia segue como uma excelente opção para quem curte RPGs eletrônicos, principalmente com sua versão remasterizada, Definitive Edition.nnn
n
nn

Uma aventura rica e convidativa

nTratamos de um daqueles jogos onde é prazeroso conferir cada detalhe, incluindo cutscenes! Nos é ofertado um belo visual, trilha sonora caprichada e bem condizente com a ambientação, além de um história totalmente imersiva (algo característico da saga Tales), então como não mergulhar de cabeça?n
n
nAo lado de Final Fantasy IX, esse foi um dos títulos que joguei por mais horas em 2021, pelo menos offline. Para definir a minha experiência, digamos que é como embarcar em um anime shonen, basicamente. Traços característicos, coloração, animação, enredo, comportamento, enfim!n
nn

nGameplay de Tales of Vesperia

n
nn

Altos papos

nOs diálogos são bem humorados e ao mesmo tempo profundos, com doses de filosofia, facilitando assim o sentimento de identificação e apreço. Fica inclusive o destaque para a mecânica de “conversa fiada” na tela, com quadrinhos dos personagens confabulando, o que lembra bastante certos desenhos animados e se encaixa perfeitamente na estetica disposta.nn

nPersonagens de Tales of Vesperia dialogando

n

nCalma, a nova versão tem legendas em português!n

n
nn

Vários prós, mas onde estão os contras?

nConfesso que inicialmente estranhei levemente certos ângulos da câmera, algo que logo se torna não só confortável como também funcional. Sinceramente, creio que foi o mais próximo de um ponto negativo que consegui encontrar.n
n
nApesar de não ser um jogo da geração, nada é pobre ou limitado ao ponto de influenciar negativamente. Incrível, olhando para o tempo de estrada!

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Posts relacionados...